Cotidiano

Prefeito deve decidir sobre exoneração de Dr. Daniel e Dra. Adriana até o final de semana

0
Foto: Reprodução
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Semana do consumidor

O prefeito de Americana, Chico Sardelli(PV), deve decidir até o final de semana se aceita o relatório final da sindicância aberta para apurar a conduta dos médicos Dr. Daniel Cardoso e Dra. Adriana Carina Polito.

De acordo com informações obtidas pelo Portal de Americana, todo o rito legal da sindicância foi seguido e está pendente apenas a decisão do prefeito. No entanto, no início de maio, Chico adiantou que deveria seguir a decisão da comissão. Se ele aceitar o relatório, os médicos serão demitidos por justa causa.

De acordo com o relatório conclusivo processo administrativo disciplinar, a  comissão sindicante, formada por três servidores, opinou pela demissão dos médicos em razão de um episódio de agressões ocorrido nas dependências do Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi, no dia 4 de janeiro de 2022.

Segundo a comissão, Adriana teria agredido fisicamente e Daniel de forma verbal o então presidente da Fusame (Fundação de Saúde de Americana), Douglas Magalhães Ferreira.

“Ante o exposto, a comissão sindicante, s.m.j., opina pela pena de DEMISSÃO aos servidores Dr. Daniel Martins Cardoso (matrícula 912.849) e Dra. Adriana Carina Polito Cardoso (mat. 912.853), ambos pela infringência ao art. 159, IV, IX e XI da Lei n. 5.110/2.010 e prática dos atos capitulados no art. 482, “H” e “K” da CLT”, traz a decisão do relatório.

Procurado, o prefeito não quis comentar o caso.


Virada Cultural atraiu 3,1 milhões de pessoas em São Paulo

Notícia Anterior

Carteira Nacional de Habilitação tem novo modelo a partir de hoje

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano