Cotidiano

Rodovia da morte: radares são retirados da SP-304

0
Foto: Divulgação
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Semana do consumidor

Conhecida como a ‘rodovia da morte’ a SP-304 – Rodovia Luiz de Queiroz, está desprotegida sem radares de velocidade. Somente no trecho de Americana havia pelo menos três conjuntos dos equipamentos. O fim do contrato fez com que os aparelhos fossem retirados da via.

A Rodovia Antrônomo Jean Nicolini, que liga Americana a Nova Odessa, também teve o medidor retirado.

Mesmo sem os aparelhos fixos, de acordo com o DER (Departamento de Estradas e Rodagem), a Polícia Militar Rodoviária continua fazendo a fiscalização com aparelhos móveis. “É importante lembrar que a fiscalização de velocidade continua sendo realizada normalmente pela Polícia Militar Rodoviária, assim os motoristas deverão respeitar os limites de velocidade estabelecidos”, disse o órgão em nota.

De acordo com o Infosiga SP, sistema de dados do Governo de São Paulo gerenciado pelo programa Respeito à Vida, no acumulado, em comparação de janeiro a maio de 2019, em 2020 houve uma redução de 20% das fatalidades de trânsito em Americana.

Ainda de acordo com o DER, um edital foi publicado. A empresa que era responsável pelos aparelhos que foram retirados entrou com um pedido de impugnação e o caso está sendo analisado pelo Tribunal de Contas do Estado.


Aposta de Ribeirão Preto acerta as seis dezenas da Mega-Sena

Notícia Anterior

Em 24 horas, país registra 376 mortes e 32 mil novos casos de covid-19

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano