Cotidiano

Taxista mais antigo de Americana morre aos 80 anos

0
Foto: Divulgação
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Tivoli Eletro

Morreu na madrugada desta terça-feira(25), vítima de um câncer, o taxista mais antigo de Americana, Durvalino Chimetto.

Durvalino tinha 80 anos e atuava há 55 como taxista na região central da cidade. De acordo com a família, hoje completa dois meses que ele descobriu um câncer no Pâncreas.

O corpo será velado a partir das 9h no Cemitério da Saudade, em Americana. O sepultamento acontece às 16h no mesmo campo santo.

Prefeitura proíbe VCA de operar e troca empresa de ônibus a partir da meia noite

Notícia Anterior

Bandidos tentam explodir caixas eletrônicos em Santa Bárbara

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano