Cotidiano

Vereadores mudam voto e rejeitam projeto para a saúde da cidade

0
Foto: Divulgação
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Tivoli Teatro

Foi rejeitado em segunda discussão na sessão de ontem(01), da Câmara Municipal de Americana, o projeto de vereador Odir Demarchi(PR), que estabelecia o tempo máximo de espera para a realização de procedimentos médicos nas unidades de saúde da rede pública do município de Americana.

O projeto estabelecia o prazo máximo para exames de 30 dias, para consultas 90 dias e para cirurgias 90 dias. Na semana passada o projeto foi aprovado com dez votos a favor e sete contra, porém ontem, apenas cinco foram favoráveis a saúde da cidade.

PULARAM PRA TRÁS
Na segunda discussão, os vereadores Léo da Padaria, Gualter Amado, Juninho Dias e Thiago Martins mudaram seus votos e foram contrários aos prazos do projeto. Luiz da Rodaben, que votou favorável na semana passa, não estava no plenário na hora da votação de ontem.

De acordo com o autor, o objetivo é obrigar as unidades de saúde a realizarem atendimentos aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) com tempo máximo de espera, a contar da data do agendamento.

Votaram a favor ontem, o autor do projeto, Dr. Otto Kinsui, Prof. Pe. Sérgio, Vagner Malheiros e Welington Rezende.


Tivoli Shopping traz atrações de Páscoa para as crianças

Notícia Anterior

Vic Center sediará encontro de carros com presença de food trucks

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano