Cotidiano

Americana começa vacinar adolescentes de 12 anos com comorbidades nesta quarta-feira

0
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Tivoli Teatro

A Secretaria de Saúde de Americana vai iniciar, nesta quarta-feira (18), a vacinação contra a Covid-19 nos adolescentes portadores de comorbidade, gestantes ou puérperas e deficientes permanentes, com idade entre 12 e 17 anos. O município recebeu 852 doses de vacinas específicas para esse público, enquanto aguarda a chegada de novas remessas para ampliar a cobertura entre os adolescentes.

No ato da vacinação os menores devem estar acompanhados pelos pais ou responsáveis legais e apresentar CPF ou Cartão SUS, a carteira de vacinação e um comprovante de endereço em nome dos pais ou seus responsáveis legais. Na ausência de um responsável presencialmente, o adolescente deverá levar um termo de consentimento preenchido e assinado pelo responsável legal. Para obter o termo, ele deverá procurar uma unidade básica de saúde ou acessar o site Secretaria de Saúde.

A comprovação das comorbidades (ver relação abaixo), que são as mesmas do público adulto, deverá ser feita por meio de receitas, relatórios médicos e laudos detalhados sobre a doença, sendo que os pais (ou responsáveis) deverão assinar um termo comprovando sua veracidade. Com exceção das receitas médicas, os demais documentos ficarão retidos na unidade em que a vacina for aplicada.

O agendamento para esse grupo já está disponível pelo site www.saudeamericana.com.br

Nesta quarta-feira (18) o esquema vacinal será o seguinte:

Primeira dose:
Receberão a primeira dose, pessoas portadoras de comorbidades, gestantes e puérperas, profissionais da Educação e portadores de deficiência permanente, todos com 18 anos ou mais; adolescentes portadores de comorbidade, gestantes ou puérperas e deficientes permanentes, com idade entre 16 e 17 anos e moradores com 18 anos ou mais.

Segunda dose:
A segunda dose está sendo aplicada na população em geral, de acordo com o prazo determinado pelo imunizante recebido na primeira aplicação, conforme anotação no cartão de vacinação.

Abaixo, a relação das comorbidades contempladas:

Diabetes Mellitus

Pneumopatias crônicas graves

Hipertensão arterial resistente (HAR)

Hipertensão arterial estágio 3

Hipertensão arterial estágio 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade

Insuficiência cardíaca (ICC)

Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar

Cardiopatia hipertensiva

Síndromes coronarianas

Valvopatias

Miocardiopatias e Pericardiopatias

Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas

Arritmias cardíacas

Cardiopatias congênitas no adulto

Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados

Doença neurológica crônica

Doença renal crônica

Imunossuprimidos (Portadores de HIV, transplantados, pacientes oncológicos, entre outros…)

Hemoglobinopatias graves

Obesidade mórbida

Síndrome de Down

Cirrose hepática


HM reduz leitos de UTI-Covid devido à baixa ocupação

Notícia Anterior

Em audiência, Baldy destaca atuação de Vanderlei Macris para que Trem Intercidades saia do papel

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano