Cotidiano

Após matéria do Portal, São Vicente disponibiliza vagas para autistas

0
vagas para autistas
Foto: Will Moreira
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
FAM 2023

A rede de Supermercados São Vicente começou a adequar suas lojas de Americana para oferecer vagas exclusivas para veículos que transportem pessoas com  Transtorno do Espectro Autista (TEA). A adequação ocorre após uma matéria divulgada pelo Portal de Americana na semana passada.

Na unidade da Avenida Cillos, duas vagas foram disponibilizadas. De acordo com a empresa, todas as lojas da rede, incluindo outras cidade, passarão a oferecer vagas até o final de julho.

canal whats

A Lei 6.632, de autoria do vereador Thiago Martins(PV), estabelece a obrigatoriedade da destinação de vagas de estacionamento exclusivas para pessoas com TEA em supermercados, hipermercados e shoppings no Município de Americana, aprovada no ano de 2022.  Segundo a legislação, os estabelecimentos são obrigados a disponibilizar 2% do total de vagas para veículos que transportem pessoas com TEA, assegurando, no mínimo, uma vaga.

Conforme o Portal constatou,  apenas um, dos principais supermercados da cidade estava cumprindo a lei. O Supermercado Crema, localizado na Avenida Nossa Senhora de Fátima, oferece uma vaga.

O Portal procurou as principais redes de supermercados da cidade para obter esclarecimentos sobre o motivo do não cumprimento da lei. A Rede de Supermercados Pague Menos informou que, nos próximos dias, todas as quatro lojas de Americana estarão em conformidade.

Por outro lado, Sam’s Club e Atacadão não enviaram nenhuma resposta aos questionamentos feitos pela reportagem. A ausência de posicionamento dessas redes levanta questionamentos sobre a conformidade desses estabelecimentos com a legislação municipal vigente.



Corpo em decomposição é achado dentro da lagoa do Parque dos Ipês em Santa Bárbara

Notícia Anterior

Papa Francisco vai pedir a Lula ajuda com ditadores Ortega e Maduro e falar sobre a Ucrânia

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano