Cotidiano

Bolsonaro libera academias e salões, mas decreto de Doria ainda prevalece

0
Foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
FAM 2023

O decreto para incluir academias de ginástica, cabeleireiros, barbearias e salões de beleza como atividades essenciais durante a pandemia do novo coronavírus foi publicado hoje (11), pelo presidente, Jair Bolsonaro, terá poucos efeitos práticos no estado de São Paulo.

Embora a regra do presidente inclua os novos serviços, é necessário que o Governador do Estado, João Doria, libere o funcionamento dos serviços e inclua na lista de essenciais de São Paulo


????Participe do grupo de empregos do Portal de Americana no WhatsApp. Clique no link: https://bit.ly/3TIWfzS

Somente com a inclusão os comerciantes poderão abrir as portas. A medida cumpre a determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), que decidiu que cabe aos estados e municípios a decisão sobre a flexibilização do comércio e das regras sanitárias durante a pandemia de Covid-19.


Unimed 1


Americana inicia vacinação de crianças contra gripes

Notícia Anterior

Mais de 50% dos adultos têm fator de risco para ter covid-19 grave

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano