Cotidiano

Justiça manda YouTube apagar vídeo de ataque por SMS

0
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Semana do consumidor

A justiça determinou que o YouTube remova do ar um vídeo de ataque ao candidato a prefeito, Chico Sardelli (PV). O vídeo foi disparado em conjunto com mensagens enviadas por SMS na semana passada.

Essa é a quinta vez que o candidato consegue na justiça a retirada de ‘fake news’. . A criação de perfil falso foi alvo de uma delas. Em todos os casos houve retirada do conteúdo e, em dois deles, as usuárias do Facebook foram multadas em R$ 5 mil reais por terem publicado conteúdo falso.

Na primeira ação, movida contra o site RMC Notícia por ter publicado um vídeo fake contra Chico em sua página na internet e no perfil do Facebook, a juíza Fabiana Calil Canfour destacou que o conteúdo era exclusivamente ofensivo. “(…)Tão pouco se permite qualquer dúvida quanto ao conteúdo efetivamente ofensivo e oportunista das notícias, de pouca clareza e de quase nenhuma intenção informativa (…)”, escreveu em parte da decisão que retirou o conteúdo do ar.

O mesmo conteúdo foi identificado e retirado do ar por ordem judicial da página de uma candidata a vereadora, sob pena de multa diária de R$ 2 mil.

Em outro caso, um perfil falso no Facebook utilizando o sobrenome Sardelli, tentando fazer a ligação com Chico por meio do sobrenome, foi desativado por meio de decisão judicial.


Pesquisa do Portal de Americana mostra Chico Sardelli na liderança com 24,24% dos votos

Notícia Anterior

Major Crivelari recebe deputado e dispensa Fundo Eleitoral

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano