Cotidiano

Justiça suspende decreto de Doria e libera bebida após às 20h

0
Foto: Divulgação
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Tivoli Eletro

A justiça suspendeu o decreto do governador de São Paulo, João Doria, que proibia a venda de bebidas alcóolicas após às 20h em todo o estado. Os bares seguem com a determinação de fechar às 20h.

A medida do Tribunal de Justiça de São Paulo, e assinada pelo desembargador Renato Sartorelli, na noite desta segunda-feira(14), libera a venda de bebidas após as 20h em restaurantes e congêneres. O processo foi movido pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes em São Paulo (Abrasel-SP).

A determinação permite que restaurantes e lojas de conveniência continuem abertos até às 22h com o fornecimento de bebidas, mas os bares continuam obrigados a fechar duas horas antes.

De acordo com o magistrado, a medida do governador traria “prejuízos financeiros que serão suportados pelo setor de restaurantes e similares com a proibição de venda de bebidas alcoólicas após as 20 horas, esvaindo-se, ipso facto, a esperança de ampliar o seu faturamento no final do ano, necessário ao pagamento dos salários de seus empregados, sem contar os inúmeros encargos com fornecedores”.

Motociclista fica gravemente ferido em acidente na Rodovia Anhanguera

Notícia Anterior

Paulinho, vocalista do Roupa Nova, morre vítima do Covid-19

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano