CotidianoPolítica

Leonora propõe lei para implantar contraceptivos em mulheres vulneráveis

0
Foto: Divulgação/Câmara
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
ZuHause

A vereadora Leonora Périco (PDT) protocolou na secretaria da Câmara Municipal de Americana um projeto de lei em que propõe a utilização de contraceptivo reversível de longa duração de etonogestrel para mulheres em situação de vulnerabilidade atendidas na rede pública de saúde.

No projeto, a autora aponta que a falta de cuidados contraceptivos é um dos fatores responsáveis pelo aumento do número de adolescentes grávidas. O mesmo acontece com mulheres usuárias de drogas, com deficiências mentais ou moradoras de rua, que são muitas vezes expostas a risco de abuso sexual por parte de pessoas que se aproveitam da redução no nível de entendimento.

------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Quiero Café Happy
Quiero Café manhã

“Considerando que o implante do contraceptivo em questão, além de seguro e eficaz, possui mais facilidade se comparado aos outros métodos, a criação da lei traz a possibilidade de que a rede de assistência social possa direcionar mulheres em situação de vulnerabilidade a tal procedimento”, defende Leonora.

“Temos conversado com a rede de assistência social e também de saúde e vemos que há a necessidade de métodos mais eficientes para evitar gravidez indesejadas de adolescentes, de usuárias de drogas e mulheres em outras situações de risco. Esse projeto tem sido aprovado em outras cidades e queremos trazer esse debate para Americana”, conclui a parlamentar.

O projeto será encaminhado às comissões para análise e, não havendo impedimento legal para sua tramitação, será discutido e votado pelos vereadores em plenário, durante sessão ordinária.


OMS pede cancelamento de festas de Natal devido ao avanço da Ômicron

Notícia Anterior

Câmara entra em recesso e deve retornar já em nova sede

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano