Cotidiano

Luan é agredido em motel por torcedores do Corinthians, que lamenta ‘intolerância’

0
luan guilherme corinthian
Foto: RODRIGO COCA/CORINTHIANS
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
FAM 2023

O meia-atacante Luan, do Corinthians, foi agredido por torcedores do time na madrugada desta terça-feira em um motel na Barra Funda, zona oeste de São Paulo. O jogador, que não está sendo aproveitado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo, estaria em um quarto do estabelecimento com amigos e mulheres quando foi surpreendido pelo grupo de corintianos no estacionamento. O clube acionou a polícia para investigar a situação e repudiou o episódio por meio de nota.

Em vídeos e mensagens divulgadas nas redes sociais sobre o episódio, é possível ver que os torcedores ameaçaram o jogador e pedem para ele deixar o clube imediatamente. Cerca de dez torcedores estiveram presentes no episódio. Luan sofreu golpes nas vértebras e na barriga, de acordo com o delegado César Saad, da Delegacia de Polícia de Repressão aos Delitos de Intolerância Esportiva (DRADE).


Participe do grupo de empregos do Portal de Americana no WhatsApp. Clique no link: https://chat.whatsapp.com/JbK7hgnUkWZ7g3vsCcGNj6

Ele disse ao Estadão que foi acionado pelo Corinthians para investigar o caso, mas que ainda estava averiguando as câmeras do Motel Caribe, onde ocorreu a emboscada

Procurado pela reportagem, o Motel Caribe afirmou que não tinha “nada a declarar sobre o caso” e informou que a violência “não teria ocorrido dentro do estabelecimento”. De acordo com vídeos obtidos pelo Estadão, Luan foi interceptado por torcedores no estacionamento. A reportagem tentou contato com a assessoria do jogador, mas não obteve resposta. Ele não se manifestou nas redes sociais.

“Depois de mais um repugnante caso de violência, o Corinthians lamenta o atual momento de intolerância que domina o futebol brasileiro. Nada justifica a agressão covarde sofrida pelo atleta”, afirmou o clube, por meio de nota. O Corinthians garantiu ainda que está oferecendo “todo o suporte necessário” ao jogador, com quem tem contrato até o fim do ano. Além disso, classificou os agressores como “supostos agressores”.

Luan está no Corinthians desde 2020, contratado pelo clube por cerca de R$ 29 milhões à época, durante a gestão do presidente Andrés Sanchez, e com um salário de R$ 800 mil. Ele atuava no Grêmio. O Corinthians, segundo balanço financeiro lançado no último ano, deve R$ 4,5 milhões em direitos de imagem ao jogador Ele não entra em campo desde 2022 e treina em horários separados do elenco principal.

Nesta semana, Luan retornou aos holofotes após participar do podcast do ex-atacante Denilson. Em entrevista, ele revelou que tem condições de ser reintegrado ao time e chegou a pedir a Luxemburgo para treinar junto com os companheiros – fato que foi negado pelo treinador. Sem ser utilizado pelo técnico Vítor Pereira, ele foi emprestado ao Santos na última temporada, mas retornou ao clube no fim de 2022. O meia tem contrato até dezembro de 2023.




Lula proíbe uso de celular no gabinete e em reuniões

Notícia Anterior

No Mercosul, Lula quer ampliar parcerias externas

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano