Cotidiano

Americana confirma morte por dengue hemorrágica

0
Foto: Pixabay
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Semana do consumidor

A Vigilância Epidemiológica de Americana informou, nesta quarta-feira (23), que o município teve a confirmação de um óbito causado pela dengue, sendo o primeiro caso fatal registrado em 2022.

Trata-se de um homem de 60 anos, residente na região central. Ele estava internado em hospital particular e faleceu no dia 4 de março.

A confirmação do resultado do exame foi realizada pelo Instituto Adolfo Lutz, de São Paulo, constatando que o morador faleceu em decorrência de dengue hemorrágica, causada pelo sorotipo 1 do vírus.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica, outro caso de óbito ainda segue sob investigação para dengue, que aguarda resultado de exame laboratorial.

Em Americana, de janeiro até o dia 22 de março, foram notificados 424 casos suspeitos de dengue, dos quais 165 foram confirmados (positivos) e 223 descartados. O município segue com 36 casos aguardando resultados de exames.

A Secretaria de Saúde vem atuando com as atividades do PMCD (Programa Municipal de Controle da Dengue), com trabalhos realizados de casa em casa, conforme as diretrizes do Programa Nacional de Controle da Dengue, do Ministério da Saúde.

O município informou que já assinou um contrato com uma empresa terceirizada para complementar as ações, cujo início das operações está previsto para os próximos 15 dias.


Atleta de Americana conquista vaga para Campeonato Sul Brasileiro de Judô

Notícia Anterior

Câmara aprova projeto que prevê reserva de vagas para autistas

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano