Cotidiano

Homem de 57 anos morre vítima do coronavírus

0
Foto: Will Moreira
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Semana do consumidor

A Prefeitura de Americana, por meio da Vigilância Epidemiológica, informou nesta quinta-feira (12) a atualização semanal da Covid-19. Foi registrado um óbito de um homem de 57 anos do Jardim América, no dia 4 de novembro, no Hospital Municipal, que era cardíaco e tinha diabetes.

Novos positivos
O boletim atualizado trouxe ainda 85 novos resultados positivos de Covid-19, sendo 77 após realização de exames PCR e oito após realização de testes rápidos.

Novos suspeitos
Americana também registrou 126 novos casos suspeitos de Covid-19, sendo um óbito, dez pacientes internados e 115 que estão em isolamento domiciliar aguardando os resultados de exames PCR.

Quadro geral
O quadro geral da Covid-19 em Americana é o seguinte: 6.321 casos positivos, sendo 170 óbitos, sete internados, 53 em isolamento domiciliar e 6.091 recuperados; 145 casos suspeitos aguardam resultados de exames, sendo um óbito, 25 internados em hospitais e 119 em isolamento domiciliar. Além disso, o município contabiliza agora 9.791 casos que eram considerados suspeitos, mas que já foram descartados pelo resultado de exame negativo.

Ocupação de leitos
A Secretaria de Saúde de Americana informou, nesta quinta-feira (12), que a ocupação de leitos destinados exclusivamente para pacientes suspeitos ou confirmados de Covid-19 é de 12% com respiradores (de 56 no total, 7 estão ocupados) e de 16% sem respiradores (de 61 no total, 10 estão ocupados). Esse percentual leva em consideração todos os leitos do município, tanto do Hospital Municipal, quanto dos hospitais particulares.

A ocupação de leitos apenas no Hospital Municipal é a seguinte: 35% com respiradores (de 17 no total, 6 estão ocupados) e 17% sem respiradores (de 18 no total, 3 estão ocupados). A ocupação de leitos em cada um dos hospitais particulares de Americana está disponível no site: www.americana.sp.gov.br/coronavirus

Ressalta-se que os dados do boletim da Vigilância Epidemiológica com relação aos internados podem ser divergentes dos dados de ocupação de leitos em razão de alguns fatores. O principal deles é que o boletim registra apenas os casos de residentes em Americana e a ocupação de leitos pode ser de pessoas que não residem no município, por isso, não constam no boletim. Outras situações são o tempo de notificação oficial do paciente internado e ocorrências de altas ou óbitos.


Maria Giovana tenta barrar pesquisa do Portal na justiça mas juiz nega

Notícia Anterior

Câmara aprova três projetos em última sessão antes da eleição

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano